Prefeitura de Lauro de Freitas realizou ação para evitar contaminação por coronavírus de pessoas em situação de rua

125
Foto: Lucas Lins

Equipes das Secretarias de Desenvolvido Social e Cidadania (SEMDESC), e de Saúde (SESA) realizou abordagem a pessoas em situação de rua, tentando convencê-las a se dirigirem para o abrigo disponibilizado pela Prefeitura Municipal, no Ginásio de Esportes do Aracuí. O objetivo é evitar a contaminação deste público pelo novo coronavírus (COVID-19). A ação foi iniciada no sábado (21), com três pessoas acolhidas, e continuou nesta segunda (23) e terça (24).

Os profissionais envolvidos na ação fazem parte do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), e do Programa Consultório na Rua, da (SESA). No local, estruturado para o abrigo, estão sendo disponibilizados colchonetes, alimentação e kits higiene. O número reduzido de pessoas encontradas nessa situação é resultado de ações já desenvolvidas pela gestão, como o Programa Bolsa Aluguel, que atende atualmente 56 pessoas que estavam em situação de rua.

A secretária da SEMDESC, Huldaci Santana, destacou o caráter transversal da ação e deu detalhes sobre o funcionamento dos equipamentos da secretaria. “Estamos trabalhando em parceria com a Saúde, e a Secretaria de Esportes, que cedeu o ginásio. No que diz respeito aos outros serviços, centralizamos os atendimentos dos CRAS e CREAS na sede da secretaria, e estamos dando suporte à parte do público do Restaurante Popular e da Cozinha Comunitária da Itinga, e do Programa Bolsa Aluguel.

Idosos e pessoas com doença crônica, identificadas em cadastro realizado com usuários do Restaurante Popular (RP) e da Cozinha Comunitária da Itinga, nos dias 16 e 17, estão recebendo cestas básicas suficientes para o sustento de uma pessoa por quinze dias. Essa ação já existe nos CRAS do município, para famílias condideradas de alta vulnerabilidade, e é proporcionada pelo Banco de Alimentos da cidade. Os usuários o Restaurante Popular e da Cozinha Comunitária passaram a ser contemplados após o fechamento temporário do local, para evitar aglomeração de pessoas.

Os serviços do Programa Bolsa Aluguel estão funcionando em regime diferenciado. O atendimento ao público foi suspenso, e os contratos que venceriam este mês serão renovados automaticamente, após contato, por telefone, com os beneficiários. Demandas vindas do Centro de Referência Lélia Gonzalez, que também é beneficiado pelo programa, e da Defesa Civil, serão atendidas em alinhamento com a rede. O programa não está recebendo demandas abertas.