Lockdown em Salvador é inevitável

0
275

ACM Neto incumbiu o secretário Fábio Mota (Mobilidade) de fazer estudo sobre o crescimento dos casos de corona de Salvador, bairro a bairro, cruzando a evolução da Covid com dados relacionados a trânsito de veículos e pessoas nas ruas.

Resultado: o crescimento do corona está de fato relacionado com o crescente relaxamento do isolamento. Onde tem mais gente circulando, mais casos e mortos. E em mais de 50% da cidade, a cena é a mesma.

Os dados pautaram a reunião que Neto fez ontem à noite com os seus secretários que estão no time do combate à Covid. Ele olhou bem o mapa da situação, e aí decide por onde começa o lockdown, o trancamento total, único caminho.

Na suburbana — Fábio Mota cita um dado bastante indicativo do relaxamento: no início da pandemia o tráfego na Suburbana era 50% do normal. Hoje é de 87%.

– Isso quer dizer que os shoppings estão fechados, as escolas, as universidades, o comércio, mas o povo está indo para as ruas.

Ele diz que passou três dias cruzando dados. Depois foi um a um conferir pessoalmente a situação.

– O fato constatado e provado é que para grande parte da população em toda a cidade o isolamento não existe.

O cenário é igual em locais como Cajazeiras, Boca do Rio, São Tomé de Paripe e a Pituba, o bairro campeão, cuja orla nos fins de semana é de intenso movimento. Neto vai tentar dosar o lockdown, mas…

Sobradinho faz história

A chuvarada dos últimos meses em Bahia e Minas produziu um quase milagre: a Barragem de Sobradinho, segundo a Chesf, atingiu 91,77% do seu volume útil, nível só alcançado antes em 2009, quando chegou a 100%.

É muita água. Considerado o maior lago artificial do mundo, Sobradinho tem 400 quilômetros de extensão, a largura chega a 25 quilômetros e acumula 34 bilhões de metros cúbicos do chamado precioso líquido.

Santo Amaro e ajuda inimiga

Flaviano Bonfim (PP), prefeito de Santo Amaro, muito ajuda o seu adversário e inimigo, o ex-prefeito Ricardo Machado (PT), que está inelegível e quer emplacar a esposa, Alessandra Gomes.

Ontem circulou nas redes lá um vídeo com um grupo de ciganos, três homens e duas mulheres, elas vestidas como manda a tradição, todos com máscara, para cobrar dívidas.

Flaviano é candidato à reeleição e deve enfrentar Alessandra. Assim?…

O regulador deu pressão

Leo Prates, secretário da Saúde de Salvador, levou um baita susto com o Itaigara Memorial, o hospital inaugurado por ACM Neto terça só para a Covid.

De repente veio a má notícia: o regulador de pressão que alimenta os ventiladores da UTIs parou de funcionar. Aí foi a pressão dele que subiu:

– Foi um sufoco. Saí de lá duas horas da madrugada, mas está tudo resolvido.

O pior está chegando e problema lá seria um horror.

Óleo, pandemia e Manati, três problemas em Cairu

Cairu, o único município-arquipélago do Brasil, com 16 ilhas, tendo como vedetes as de Tinharé (onde fica o Morro de São Paulo) e Boipeba, está comendo o pão que o diabo amassou. Vive do turismo e da pesca principalmente, no ano passado perdeu nos dois lados com a crise do óleo e agora idem com a pandemia. Agora surge a notícia de que a Petrobras abriu edital para vender a parte dela e também cogita-se a possibilidade de o campo encerrar as suas atividades.

Hildécio Meirelles (DEM), ex-deputado e prefeito no tempo em que Manati começou, em 2009, disse que Manati rendia R$ 7 milhões por ano de royalties e mais R$ 3,2 milhões de ISS. Hoje, está menos da metade.

– Cairu não merece tanto sofrimento.

REGISTROS

Novo rumo 1 Construtoras e incorporadoras decidiram apostar no comércio online como forma de enfrentar os efeitos da pandemia. Noutros setores, como a agropecuária, o negócio deu tão certo que alguns parques de exposições particulares quebraram.
Novo rumo 2 Aliás, funcionários de concessionárias de veículos se dizem preocupados. As montadoras estão cada vez mais desativando lojas para implementar o comércio virtual. É a história da tecnologia sugando velhos empregos.
Afrouxando o cinto Após 42 dias de isolamento, Orlandinho Peixoto (PT), prefeito de Cruz das Almas, flexibilizou. Desde ontem o comércio voltou a funcionar, com restrições. Como lá, isso acontece justamente no momento em que Rui e Neto admitem endurecer o jogo.
Porco-espinho na rua Com o isolamento da pandemia, o espaço urbano de Jacobina passou a receber a visita de animais silvestres, como iguanas, saruês, teiús e jacarés, mas um virou sensação nas redes sociais: um porco-espinho. Populares acompanharam o bicho até ele voltar ao mato.


Qualifique Já!

Leia outras notícias em nosso site Qualifique Já! Siga, também, o Qualifique Já! no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (71) 99908-4281.

Curta nossa página

Grupos no WhatsApp e Telegram

Participe também de nossos grupos no WhatsApp e Telegram e receba diariamente todo o nosso conteúdo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui