Demolição de casarão que desabou sobre a Montanha começa nesta quinta (20)

Salvador tem mais de 130 imóveis antigos com risco muito alto de desabamento ou incêndio.

Começa nesta quinta-feira (20) a demolição dos escombros do casarão que desabou parcialmente ontem (18) sobre a Ladeira da Montanha, no Centro. De acordo com informações da Defesa Civil de Salvador (Codesal), os trabalhos serão iniciados logo após autorização da Secretaria de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur). A ação será realizada pelo proprietário do imóvel, que deve também recolher todo o entulho. A via seguirá interditada até a conclusão do procedimento. 

O desabamento foi provocado por falta de manutenção predial. Não havia moradores e não houve vítimas. “A Ladeira da Montanha segue isolada desde ontem. Estamos aguardando o proprietário do imóvel, que esteve lá com nossa equipe, para realizar a demolição, já autorizada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan)”, disse o diretor-geral da Codesal, Sosthenes Macêdo.

Imóveis antigos – Atualmente, a Codesal tem 1.295 casarões vistoriados e cadastrados, sendo que destes 131 possuem risco muito alto de desabamento ou incêndio. Outros 237 tem risco alto. Deste total, 76% estão ocupados e 24% desocupados.

As ações voltadas para promover a conservação desses imóveis se dão por meio do Projeto Casarões, que objetiva levantar a realidade dessas construções e, de alguma forma, contribuir para sua preservação ou eliminação do risco que muitos deles representam, articulando as intervenções necessárias.

Em caso de risco iminente, e na impossibilidade do proprietário fazer a manutenção ou não ser identificado, a Codesal, quando legalmente autorizada pelo órgão tombador, articula com outros organismos municipais para realizar a demolição total ou parcial do imóvel, em nome da segurança de todos. A situação dos casarões cadastrados é atualizada anualmente.


Qualifique Já!

Leia outras notícias em nosso site Qualifique Já! Siga, também, o Qualifique Já! no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (71) 99908-4281.

Curta nossa página

Grupos no WhatsApp e Telegram

Participe também de nossos grupos no WhatsApp e Telegram e receba diariamente todo o nosso conteúdo.