Coronavírus: Últimas notícias até esta terça (28)

0
195

A pandemia do novo coronavírus continua gerando impactos na economia. Dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgados hoje pelo Ministério da Economia mostram que o Brasil perdeu mais de 1 milhão de vagas formais no período.

O resultado apresenta uma melhora em relação a maio e abril, quando houve perda de 350.303 e 918.286 vagas, respectivamente. No acumulado do primeiro semestre, o país fechou quase 1,2 milhão de postos formais. Para o Secretário Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Bianco, o mercado de trabalho brasileiro começar a dar os primeiros sinais de recuperação em meio à pandemia.

Ainda sobre o tema empregos, hoje, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) criticou o governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB), por propor um pacto pelo emprego e manter, ao mesmo tempo, medidas de isolamento social como forma de combate ao novo coronavírus.

“Tem governador agora que quer pacto pelo emprego, mas ele continua com o Estado dele fechado”, disse Bolsonaro a apoiadores na saída do Palácio da Alvorada na manhã de hoje.

Goiás está em estado de calamidade

O governo federal publicou hoje no Diário Oficial da União uma portaria que reconhece o estado de calamidade pública em Goiás, em decorrência da pandemia de covid-19. Segundo dados do Ministério da Saúde, até as 19h de ontem Goiás registrava 57.985 casos confirmados de covid-19, com 1400 mortes.

Senado retomará sessões presenciais

O Senado vai retomar as sessões presenciais a partir da segunda semana de agosto. Para evitar aglomerações, a Casa lançou um modelo de votação “drive thru” fora do plenário. Os equipamentos serão utilizados para votações secretas, àquelas para indicação de embaixadores, conselhos da Justiça, direção do Banco Central e agências reguladoras. Também serão utilizados para votações secretas da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) e CRE (Comissão de Relações Exteriores). A decisão acompanha as medidas de flexibilização adotadas pelo Distrito Federal e que permitiu a reabertura do comércio, nas últimas semanas.

Aumenta o contágio entre idosos em São Paulo

Novos resultados do inquérito sorológico realizado pela Prefeitura de São Paulo apontam que 11,1%, dos moradores da cidade contraíram o novo coronavírus, o que representa ou mais de 1.320.000 milhão de pessoas. Segundo os resultados, houve uma prevalência de casos confirmados em pessoas acima de 65 anos (13,9%). Os dados da fase 2 do levantamento foram divulgados hoje pelo prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), e pelo secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido.

Hoje mais cedo, Covas disse que a capital avalia lançar um projeto em breve com protocolos sanitários para que os bares e restaurantes possam utilizar as calçadas, mas que não atrapalhe a circulação dos pedestres. A medida, prevista para agosto, deve começar pelas regiões do Centro e Itaim Bibi.

Ainda no estado de São Paulo, as deputadas estaduais do PSL Janaina Paschoal e Letícia Aguiar pediram ao MP (Ministério Público) de São Paulo que recomendem às 645 cidades do estado a adoção do protocolo do Ministério da Saúde que orienta médicos da rede pública a receitarem cloroquina e hidroxicloroquina a pacientes infectados pelo novo coronavírus.

Polêmico, o protocolo publicado em maio recomenda o uso dos dois medicamentos combinados à azitromicina desde os primeiros dias após o aparecimento dos sintomas de covid-19. A recomendação é criticada por infectologistas por “falta de comprovação científica” dos remédios.

Hoje também aconteceu a reabertura do Santuário Nacional de Aparecida, que celebrou durante a manhã a primeira missa com a presença do público depois de quatro meses fechado. Cerca de cem fiéis participaram da celebração.

RJ: Sindicato de escolas critica isolamento

Um vídeo institucional do Sinepe (Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Rio de Janeiro), em que a organização duvida da efetividade do isolamento social contra o coronavírus, viralizou nas redes sociais no último final de semana. A medida tem sido recomendada pela OMS (Organização Mundial de Saúde) e por infectologistas do mundo todo.

Hoje, a OMS voltou a falar hoje sobre a gravidade da pandemia. O órgão alertou contra a complacência sobre a transmissão do vírus durante o verão do Hemisfério Norte, afirmando que “esse vírus é uma grande onda, não é sazonal”.

Mortes de Zildetti Montiel e Rodrigo Rodrigues

Duas mortes deixaram o jornalismo de luto nesta terça-feira. A jornalista Zildetti Montiel, que passou por emissoras como Globo, SBT, Record, Bandeirantes e Cultura, morreu na noite de ontem por complicações do novo coronavírus. A notícia foi confirmada pelas filhas nas redes sociais.

O apresentador Rodrigo Rodrigues, o RR, como era chamado, também teve a morte confirmada no início da tarde. Ele foi internado no último domingo, no Rio de Janeiro, após se sentir mal. Ele tinha 45 anos e passou pela TV Cultura, Globo, Gazeta, ESPN, entre outros veículos.

Holanda desaconselha viagem para Barcelona

Depois do Reino Unido impor restrições a quem chegasse ao país vindo da Espanha, hoje foi a fez da Holanda. O Ministério de Relações Exteriores da Holanda desaconselhou os cidadãos do país a viajar para a cidade de Barcelona, na Espanha, e arredores, já que elas entraram em alerta laranja de risco por causa da propagação do novo coronavírus.


Qualifique Já!

Leia outras notícias em nosso site Qualifique Já! Siga, também, o Qualifique Já! no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (71) 99908-4281.

Curta nossa página

Grupos no WhatsApp e Telegram

Participe também de nossos grupos no WhatsApp e Telegram e receba diariamente todo o nosso conteúdo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui