Calendário de pagamento do Salvador por Todos termina hoje (16)

Os últimos benefícios são aqueles com nomes iniciados pelas letras S, T e U, V, Y, X, Z, K, W.

O calendário de pagamento da sétima parcela do auxílio de R$ 270 do programa Salvador por Todos feito a trabalhadores informais, individuais e pessoas em situação de rua cadastradas no município termina hoje (16), mas os contemplados podem efetuar os saques em até 90 dias. O montante começou a ser disponibilizado no dia 2 de outubro, de acordo com um cronograma definido por ordem alfabética.

A iniciativa da Prefeitura, que já contemplou mais de 37 mil pessoas na capital baiana, poderá ser ampliada até dezembro, conforme lei aprovada pelos vereadores e sancionada pelo prefeito ACM Neto. O benefício tem feito a diferença na vida da vendedora ambulante Luciene Cavalcante, 56 anos, mãe de sete filhos. Ela conta que a ajuda é fundamental para no pagamento do aluguel da casa onde vive, em Fazenda Coutos. “Sou grata demais. Já recebi sete parcelas. Graças a esse dinheiro pago meu aluguel em dia todo mês. Estou sem renda porque vendia bebida em festas e nem sei quando vamos voltar”, enfatiza.

Segundo Luciene, a notícia da possibilidade de ampliação do Salvador por Todos até dezembro também foi providencial. “Quando a Prefeitura anunciou que poderia ser até o final do ano, me joguei de joelho no chão para agradecer e fiquei muito aliviada”, disse. Ao todo, a gestão municipal já pagou R$ 41 milhões em auxílio, de abril a outubro, conforme dados da Caixa Econômica Federa, contabilizados até a última terça-feira (13).

Impactos – A titular da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), Juliana Portela, ressalta a importância do programa durante esses setes meses. “A pandemia causou muitos impactos econômicos e sociais, em função do distanciamento e do isolamento. O benefício tem assegurado uma renda mínima aos trabalhadores informais e suas famílias. A prorrogação dos pagamentos, e a inclusão da população em situação de rua atendida nos centros de distribuição de refeiçõe,s são importantes, pois, mesmo com a reabertura da economia, as atividades não estão funcionando plenamente, e os beneficiários podem contar com esse apoio para superar esse momento de vulnerabilidade”, disse.

Orientações – Antes de sacar o valor de R$ 270, o beneficiário deve acessar na internet o endereço www. salvadorportodos. salvador. ba. gov. br, digitar o CPF ou Número de Identificação Social (NIS) e verificar se possui direito a receber e quando pode sacar a quantia.

No ato do saque, os beneficiários devem apresentar o documento de identidade e um dos seguintes cartões: Primeiro Passo, Cartão Cidadão ou do Bolsa Família. Quem não possui nenhum destes precisa se dirigir ao atendimento de balcão, em qualquer agência da Caixa, portando o número do NIS e documento de identidade.

Quem tem direito – As categorias contempladas são: baianas de acarajé, ambulantes, feirantes, camelôs, barraqueiros, baleiros, guardadores de carro, recicladores, taxistas, motoristas de aplicativos e mototaxistas – no caso dos três últimos, com idade superior a 60 anos. A partir desta sétima parcela, pessoas em situação de rua cadastradas nos pontos de distribuição de alimentos também recebem os R$ 270.


Qualifique Já!

Leia outras notícias em nosso site Qualifique Já! Siga, também, o Qualifique Já! no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (71) 99908-4281.

Curta nossa página

Grupos no WhatsApp e Telegram

Participe também de nossos grupos no WhatsApp e Telegram e receba diariamente todo o nosso conteúdo.