Caixa cria calendário para desbloqueio do Caixa Tem

A Caixa criou um calendário para o trabalhador ir a uma agência do banco e conseguir desbloquear o aplicativo Caixa Tem.

Quem procurar o banco fora das datas estabelecidas não será atendido, informou o presidente da Caixa, Pedro Guimarães. O app é usado pelo governo para pagar o auxílio de R$ 600 e o FGTS emergencial.

O banco informou nesta semana que bloqueou centenas de milhares de contas no Caixa Tem por suspeita de fraude. Os afetados são orientados pelo app a comparecer a uma agência com documento de identificação para comprovar que não houve irregularidade.

As datas foram divididas de acordo com o mês de aniversário do beneficiário, para evitar aglomerações nas agências, de acordo com a Caixa.

Desde a semana passada, trabalhadores relatam ter recebido um aviso para ir até uma agência da Caixa com um documento de identidade para comprovar que são os titulares das contas e desbloquear o uso do app. Nesta semana, a Caixa confirmou o bloqueio de “centenas de milhares” de contas, devido à identificação de fraudes.

Quem teve o acesso ao Caixa Tem bloqueado por suspeita de fraude receberá a seguinte mensagem: “É necessário regularizar seu Acesso. Procure uma agência, de acordo com o seu calendário de recebimento”.

Segundo Pedro Guimarães, presidente do banco, as agências só vão atender quem já teve o dinheiro depositado durante o chamado “Ciclo 1” de pagamentos do auxílio emergencial.

Ciclo 1 de pagamentos do auxílio emergencial

Beneficiário pode receber 1ª, 2ª, 3ª ou 4ª parcela, conforme a data em que teve o cadastro aprovado. Não vale para inscritos no Bolsa Família

Mês de aniversárioDepósitoSaque
Janeiro22/jul25/jul
Fevereiro24/jul1º/ago
Março29/jul1º/ago
Abril31/jul8/ago
Maio5/ago13/ago
Junho7/ago22/ago
Julho12/ago27/ago
Agosto14/ago1º/set
Setembro17/ago5/set
Outubro19/ago12/set
Novembro21/ago12/set
Dezembro26/ago17/set
Fonte: Caixa Econômica Federal

Pedro Guimarães afirmou que o calendário de regularização vale também para quem está com problemas no Caixa Tem mas não recebe o auxílio emergencial. O aplicativo é usado também para depositar o FGTS emergencial e, para algumas pessoas, o BEm (Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda).

Documentos via WhatsApp

De acordo com a Caixa, 51% das pessoas tiveram o acesso bloqueado por suspeita de fraude e precisam comparecer à agência. Os outros 49% tiveram o acesso bloqueado em razão de “inconsistências cadastrais”, sem indício de fraude.

Essas pessoas não precisarão ir à agência, podendo fazer a liberação do acesso enviando documentos pelo WhatsApp a partir de hoje (23).

Para isso, é preciso acessar o aplicativo Caixa Tem e pedir o desbloqueio.

O próprio app dará orientações sobre como enviar os documentos via WhatsApp. De acordo com o presidente da Caixa, após o envio dos documentos, o desbloqueio de todas as funções do Caixa Tem deve acontecer em até 24 horas.

Apenas quem teve acesso bloqueado por “inconsistência cadastral” poderá regularizar Caixa Tem via WhatsApp

Alerta sobre tentativa de golpes via WhatsApp

Guimarães afirmou que ninguém deve acessar links enviados diretamente pelo WhatsApp ou por outras redes sociais. Somente o link repassado dentro do próprio app Caixa Tem é confiável para o envio de documentos particulares à equipe do banco.

“Nenhum outro aplicativo tem validade [para pedir documentos]. O único app em que essa informação é válida é o do Caixa Tem. É relevante isso para evitar qualquer envio de documentação dos clientes para pessoa que não esteja efetivamente analisando a questão.

Pedro Guimarães, presidente da Caixa

Qualifique Já!

Leia outras notícias em nosso site Qualifique Já! Siga, também, o Qualifique Já! no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (71) 99908-4281.

Curta nossa página

Grupos no WhatsApp e Telegram

Participe também de nossos grupos no WhatsApp e Telegram e receba diariamente todo o nosso conteúdo.