Alfredo Sirkis morre em acidente de carro no Rio de Janeiro

0
282

Ambientalista, político, jornalista e escritor de 69 anos bateu de carro no Arco Metropolitano, em Nova Iguaçu. Sirkis foi um dos pioneiros na luta pela preservação do meio ambiente no Brasil, e um dos fundadores do Partido Verde.

O ambientalista, político, jornalista e escritor Alfredo Sirkis morreu por volta das 13h50 desta sexta-feira (10), em um acidente de carro no Arco Metropolitano (BR-493), na Baixada Fluminense. Sirkis, de 69 anos, morreu no local.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, Sirkis estava sozinho no veículo, um Volkswagem Polo, e seguia em direção à Via Dutra. Na altura do km 74, o carro saiu da pista, bateu em um poste e capotou.

A informação foi confirmada pela TV Globo, no local do acidente, e ao G1 por bombeiros, por telefone.

Viagem para visitar a mãe

Sirkis estava a caminho de um sítio em Morro Azul, em Paulo de Frontin, para visitar a mãe, Liliana, de 96 anos, em isolamento social por causa da pandemia. Ele era filho único, muito ligado a ela e costumava fazer o trajeto com frequência.

Além disso, Sirkis também iria rever o filho Guilherme, que terminou mestrado recentemente nos Estados Unidos e está com a avó.

Segundo amigos, ele se programou para ir ao sítio neste fim de semana e saiu de casa por volta do meio-dia, horário em que gostava de viajar. Sirkis também tem uma filha, que mora nos EUA.

Sirkis era casado com a escritora e empresária Ana Borelli, com quem não tinha filhos.


Qualifique Já!

Leia outras notícias em nosso site Qualifique Já! Siga, também, o Qualifique Já! no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (71) 99908-4281.

Curta nossa página

Grupos no WhatsApp e Telegram

Participe também de nossos grupos no WhatsApp e Telegram e receba diariamente todo o nosso conteúdo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui